A Escola Fortec propõe-se a práticas pedagógicas inovadoras, que estimulam o aluno a construir o conhecimento e a desenvolver competências. Metodologias que são mais participativas, estruturadas na prática, baseadas em situações reais, através de estudos de caso, pesquisas, solução de problemas, projetos e outras estratégias, especialmente algumas apoiadas em recursos da tecnologia educacional. Procura-se fortalecer a autonomia dos alunos na aprendizagem, desenvolvendo a capacidade crítica, a criatividade e a iniciativa. A abordagem por competências junta-se às exigências do foco no aluno. Conseqüentemente, professores e alunos são sujeitos da ação de ensinar e aprender. Unem-se em parceria na construção dos saberes, pela pesquisa e ensino, prática/ação e teoria/reflexão.

A proposta educacional da Fortec considera a criança nos seus contextos sociais, ambientais e culturais, e a coloca em contato com os mais variados conhecimentos para a construção de uma identidade autônoma. Assim, os projetos pedagógicos visam ao desenvolvimento do
raciocínio, do convívio e da socialização. Jogos e brincadeiras têm a função de transmitir conceitos básicos do dia-a-dia de forma lúdica e divertida, de modo que a criança encontre um ambiente acolhedor para expressar emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades.

Educação socioemocional

Precisamos sempre estar atentos aos movimentos que envolvem nossos jovens e crianças  na sociedade atual.

Existe atualmente uma questão urgente, o desequilíbrio emocional, jovens e crianças apresentam depressão, ansiedade, síndrome do pânico  e muitos outros distúrbios graves.

Inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. A maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por relacionamentos entre as pessoas. Isso significa que pessoas com qualidades de relacionamento humano — como afabilidade, compreensão e gentileza — têm mais chances de alcançar o sucesso. A inteligência socioemocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar.

O objetivo da educação socioemocional na Fortec Praia Grande é desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com suas emoções e com seus sentimentos.  Refere-se ao processo de entendimento e manejo das emoções, com empatia e pela tomada de decisão responsável.

Para que isso ocorra, é fundamental a promoção da educação socioemocional nas mais diferentes situações, dentro e fora da escola, pelo desenvolvimento das cinco competências apresentadas a seguir:

Autoconsciência

Envolve o conhecimento de cada pessoa, bem como de suas forças e limitações, sempre mantendo uma atitude otimista e voltada para o crescimento.

Autogestão

Relaciona-se ao gerenciamento eficiente do estresse, ao controle de impulsos e à definição de metas.

Consciência social

Necessita do exercício da empatia, do colocar-se “no lugar dos outros”, respeitando a diversidade.

Habilidades de relacionamento

Relacionam-se com as habilidades de ouvir com empatia, falar clara e objetivamente, cooperar com os demais, resistir à pressão social inadequada (ao bullying, por exemplo), solucionar conflitos de modo construtivo e respeitoso, bem como auxiliar o outro quando for o caso.

Tomada de decisão responsável

Preconiza as escolhas pessoais e as interações sociais de acordo com as normas, os cuidados com a segurança e os padrões éticos de uma sociedade.

Mais importante do que ter acesso às informações é transformá-las em conhecimentos e saber aplicá-los. Nesta fase, o objetivo da Escola Fortec é estimular o aluno à reflexão, à busca da autonomia intelectual. Para isso, utilizam-se diversas fontes de informação e o contato com diferentes realidades. Os mais modernos recursos pedagógicos, incluindo laboratórios, computadores, material multimídia, internet e infraestrutura esportiva, dão suporte para ampliar a capacidade pessoal dos estudantes. No 1º ao 5º ano da Fortec, eles aprendem que têm o dom de pensar e logo existir para o mundo. Fazemos da sala de aula um espaço enriquecedor, com atividades interdisciplinares que desenvolvam competências. A Fortec trabalha para que os alunos de 6º ao 9º ano incorporem em suas vidas atitudes de solidariedade e cooperação, usem o diálogo para tomar decisões, e conscientizem-se de suas dependências e responsabilidades no mundo. O aluno é estimulado a questionar a realidade, formulando problemas e tratando de resolvê-los, utilizando, para isso, pensamento lógico, criatividade, intuição e capacidade de análise crítica, selecionando procedimentos e verificando sua adequação.
APOIO PEDAGÓGICO: Um diferencial da Fortec para os nossos alunos do 1º ao 5º ano é o Apoio Pedagógico nas disciplinas de Português e Matemática. O objetivo é a evolução do aprendizado dos educandos, consolidando e ampliando os conhecimentos, enriquecendo as experiências, para assim ajudá-⁠los a vencer os obstáculos presentes no seu dia-⁠a-⁠dia na escola.

Educação socioemocional

Precisamos sempre estar atentos aos movimentos que envolvem nossos jovens e crianças  na sociedade atual.

Existe atualmente uma questão urgente, o desequilíbrio emocional, jovens e crianças apresentam depressão, ansiedade, síndrome do pânico  e muitos outros distúrbios graves.

Inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. A maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por relacionamentos entre as pessoas. Isso significa que pessoas com qualidades de relacionamento humano — como afabilidade, compreensão e gentileza — têm mais chances de alcançar o sucesso. A inteligência socioemocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar.

O objetivo da educação socioemocional na Fortec Praia Grande é desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com suas emoções e com seus sentimentos.  Refere-se ao processo de entendimento e manejo das emoções, com empatia e pela tomada de decisão responsável.

Para que isso ocorra, é fundamental a promoção da educação socioemocional nas mais diferentes situações, dentro e fora da escola, pelo desenvolvimento das cinco competências apresentadas a seguir:

Autoconsciência

Envolve o conhecimento de cada pessoa, bem como de suas forças e limitações, sempre mantendo uma atitude otimista e voltada para o crescimento.

Autogestão

Relaciona-se ao gerenciamento eficiente do estresse, ao controle de impulsos e à definição de metas.

Consciência social

Necessita do exercício da empatia, do colocar-se “no lugar dos outros”, respeitando a diversidade.

Habilidades de relacionamento

Relacionam-se com as habilidades de ouvir com empatia, falar clara e objetivamente, cooperar com os demais, resistir à pressão social inadequada (ao bullying, por exemplo), solucionar conflitos de modo construtivo e respeitoso, bem como auxiliar o outro quando for o caso.

Tomada de decisão responsável

Preconiza as escolhas pessoais e as interações sociais de acordo com as normas, os cuidados com a segurança e os padrões éticos de uma sociedade.

Mais importante do que ter acesso às informações é transformá-las em conhecimentos e saber aplicá-los. Nesta fase, o objetivo da Escola Fortec é estimular o aluno à reflexão, à busca da autonomia intelectual. Para isso, utilizam-se diversas fontes de informação e o contato com diferentes realidades. Os mais modernos recursos pedagógicos, incluindo laboratórios, computadores, material multimídia, internet e infraestrutura esportiva, dão suporte para ampliar a capacidade pessoal dos estudantes.  Fazemos da sala de aula um espaço enriquecedor, com atividades interdisciplinares que desenvolvam competências. A Fortec trabalha para que os alunos de 6º ao 9º ano incorporem em suas vidas atitudes de solidariedade e cooperação, usem o diálogo para tomar decisões, e conscientizem-se de suas dependências e responsabilidades no mundo. O aluno é estimulado a questionar a realidade, formulando problemas e tratando de resolvê-los, utilizando, para isso, pensamento lógico, criatividade, intuição e capacidade de análise crítica, selecionando procedimentos e verificando sua adequação.

Educação socioemocional

Precisamos sempre estar atentos aos movimentos que envolvem nossos jovens e crianças  na sociedade atual.

Existe atualmente uma questão urgente, o desequilíbrio emocional, jovens e crianças apresentam depressão, ansiedade, síndrome do pânico  e muitos outros distúrbios graves.

Inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. A maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por relacionamentos entre as pessoas. Isso significa que pessoas com qualidades de relacionamento humano — como afabilidade, compreensão e gentileza — têm mais chances de alcançar o sucesso. A inteligência socioemocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar.

O objetivo da educação socioemocional na Fortec Praia Grande é desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com suas emoções e com seus sentimentos.  Refere-se ao processo de entendimento e manejo das emoções, com empatia e pela tomada de decisão responsável.

Para que isso ocorra, é fundamental a promoção da educação socioemocional nas mais diferentes situações, dentro e fora da escola, pelo desenvolvimento das cinco competências apresentadas a seguir:

Autoconsciência

Envolve o conhecimento de cada pessoa, bem como de suas forças e limitações, sempre mantendo uma atitude otimista e voltada para o crescimento.

Autogestão

Relaciona-se ao gerenciamento eficiente do estresse, ao controle de impulsos e à definição de metas.

Consciência social

Necessita do exercício da empatia, do colocar-se “no lugar dos outros”, respeitando a diversidade.

Habilidades de relacionamento

Relacionam-se com as habilidades de ouvir com empatia, falar clara e objetivamente, cooperar com os demais, resistir à pressão social inadequada (ao bullying, por exemplo), solucionar conflitos de modo construtivo e respeitoso, bem como auxiliar o outro quando for o caso.

Tomada de decisão responsável

Preconiza as escolhas pessoais e as interações sociais de acordo com as normas, os cuidados com a segurança e os padrões éticos de uma sociedade.

Este é o momento do aluno consolidar sua personalidade e decidir o futuro profissional. É uma etapa da educação que deve estar afinada com a contemporaneidade, com a construção de competências básicas e com o aprimoramento do aluno como pessoa, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico. No Ensino Médio da Escola Fortec, o aluno aprende novas habilidades e acompanha as constantes mudanças que caracterizam a produção no nosso tempo. Atividades de pesquisa, trabalho em conjunto, competência comunicativa, aprendizado colaborativo e participação em projetos sociais são exemplos de uma formação crítica, ética e empreendedora que o aluno da Fortec recebe para o desenvolvimento de suas competências, para continuar aprendendo, de forma autônoma e crítica, em níveis cada vez mais complexos de estudos. Mais do que cumprir requisitos escolares, o aluno é levado a empregar o conhecimento adquirido para enfrentar situações do dia-⁠a-⁠dia. No Ensino Médio da Fortec nos preocupamos também em oferecer preparação e orientação básica para o desenvolvimento de competências que lhe garantam uma escolha profissional acertada.

Educação socioemocional

Precisamos sempre estar atentos aos movimentos que envolvem nossos jovens e crianças  na sociedade atual.

Existe atualmente uma questão urgente, o desequilíbrio emocional, jovens e crianças apresentam depressão, ansiedade, síndrome do pânico  e muitos outros distúrbios graves.

Inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. A maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por relacionamentos entre as pessoas. Isso significa que pessoas com qualidades de relacionamento humano — como afabilidade, compreensão e gentileza — têm mais chances de alcançar o sucesso. A inteligência socioemocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar.

O objetivo da educação socioemocional na Fortec Praia Grande é desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com suas emoções e com seus sentimentos.  Refere-se ao processo de entendimento e manejo das emoções, com empatia e pela tomada de decisão responsável.

Para que isso ocorra, é fundamental a promoção da educação socioemocional nas mais diferentes situações, dentro e fora da escola, pelo desenvolvimento das cinco competências apresentadas a seguir:

Autoconsciência

Envolve o conhecimento de cada pessoa, bem como de suas forças e limitações, sempre mantendo uma atitude otimista e voltada para o crescimento.

Autogestão

Relaciona-se ao gerenciamento eficiente do estresse, ao controle de impulsos e à definição de metas.

Consciência social

Necessita do exercício da empatia, do colocar-se “no lugar dos outros”, respeitando a diversidade.

Habilidades de relacionamento

Relacionam-se com as habilidades de ouvir com empatia, falar clara e objetivamente, cooperar com os demais, resistir à pressão social inadequada (ao bullying, por exemplo), solucionar conflitos de modo construtivo e respeitoso, bem como auxiliar o outro quando for o caso.

Tomada de decisão responsável

Preconiza as escolhas pessoais e as interações sociais de acordo com as normas, os cuidados com a segurança e os padrões éticos de uma sociedade.

Este é o momento do aluno consolidar sua personalidade e decidir o futuro profissional. É uma etapa da educação que deve estar afinada com a contemporaneidade, com a construção de competências básicas e com o aprimoramento do aluno como pessoa, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico.

No ensino médio da Fortec, o aluno desenvolve novas habilidades e acompanha as constantes mudanças que caracterizam a produção no nosso tempo. Atividades de pesquisa, trabalho em conjunto, competência comunicativa, aprendizado colaborativo e participação em projetos sociais são exemplos de uma formação crítica e empreendedora que o aluno da Fortec recebe para o desenvolvimento de suas competências, para continuar aprendendo, de forma autônoma e crítica, em níveis cada vez mais complexos de estudos.

Mais do que cumprir requisitos escolares, o aluno é levado a empregar o conhecimento adquirido para enfrentar situações do dia a dia.

A preocupação também é em oferecer preparação e orientação básica para o desenvolvimento de competências que lhe garantam uma escolha profissional acertada.

A proposta e o objetivo do ensino técnico visa formar trabalhadores integrados em equipes , capazes de desenvolver pensamentos complexos, com elevada dose de abstração, com iniciativa e responsabilidade para decidir, ensinando os alunos a aprender, como estratégia adaptativa em um mundo que muda com a velocidade muito rápida. Somente uma sólida formação em conhecimentos básicos poderá, portanto, instrumentalizar nossos estudantes para um futuro mais seguro e com menor nível de apreensão.

Educação socioemocional

Precisamos sempre estar atentos aos movimentos que envolvem nossos jovens e crianças  na sociedade atual.

Existe atualmente uma questão urgente, o desequilíbrio emocional, jovens e crianças apresentam depressão, ansiedade, síndrome do pânico  e muitos outros distúrbios graves.

Inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. A maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por relacionamentos entre as pessoas. Isso significa que pessoas com qualidades de relacionamento humano — como afabilidade, compreensão e gentileza — têm mais chances de alcançar o sucesso. A inteligência socioemocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar.

O objetivo da educação socioemocional na Fortec Praia Grande é desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com suas emoções e com seus sentimentos.  Refere-se ao processo de entendimento e manejo das emoções, com empatia e pela tomada de decisão responsável.

Para que isso ocorra, é fundamental a promoção da educação socioemocional nas mais diferentes situações, dentro e fora da escola, pelo desenvolvimento das cinco competências apresentadas a seguir:

Autoconsciência

Envolve o conhecimento de cada pessoa, bem como de suas forças e limitações, sempre mantendo uma atitude otimista e voltada para o crescimento.

Autogestão

Relaciona-se ao gerenciamento eficiente do estresse, ao controle de impulsos e à definição de metas.

Consciência social

Necessita do exercício da empatia, do colocar-se “no lugar dos outros”, respeitando a diversidade.

Habilidades de relacionamento

Relacionam-se com as habilidades de ouvir com empatia, falar clara e objetivamente, cooperar com os demais, resistir à pressão social inadequada (ao bullying, por exemplo), solucionar conflitos de modo construtivo e respeitoso, bem como auxiliar o outro quando for o caso.

Tomada de decisão responsável

Preconiza as escolhas pessoais e as interações sociais de acordo com as normas, os cuidados com a segurança e os padrões éticos de uma sociedade.

Os cursos técnicos subsequentes são destinados a estudantes que á concluíram o ensino médio. Após a conclusão, o aluno recebe a certificação técnica na área escolhida. O mundo contemporâneo sofre os efeitos de uma nova revolução tecnológica (a revolução da microeletrônica) que traz no seu bojo consequências radicais para o mundo da escola.

A proposta do ensino técnico visar formar trabalhadores integrados em equipes, capazes de desenvolver pensamentos complexos, com elevada dose de abstração, com iniciativa e responsabilidade para decidir, ensiná-los aprender como estratégia adaptativa a um mundo que muda muito rápido. Somente uma sólida formação em conhecimentos básicos poderá, portanto, instrumentalizar nossos estudantes para um futuro mais seguro e com menor nível de apreensão.

WhatsApp chat